sábado, 19 de abril de 2014

O projeto de buscar novos projetos

Recentemente tenho recebido muitas mensagens (em especial via Linkedin) de contatos, alguns mais próximos, outros mais distantes, dizendo que estão em busca de emprego e pedindo minha ajuda. Em função disto eu decidi postar aqui o que acho que um profissional deve fazer nesta situação, pela qual a grande maioria de nós passou ou vai passar, provavelmente mais de uma vez na vida:

1. Evite um contato mais direto, a menos que saiba que na organização do colega endereçado existem oportunidades em aberto que te interessam (veja item 6). 

2. Faça da sua página LinkedIn o seu currículo inicial, e garanta que você tem um perfil público. 

3. Incorpore o link deste perfil público na sua assinatura de emails. 

4. Garanta que seu perfil LinkedIn está correto e completo. 

5. Use o Linkedin para ampliar sua rede (pessoalmente gosto MUITO do recurso FORWARD). 

6. Faça uma lista das empresas que te interessam, procure contatos no Linkedin que atuem nestas empresas e aí sim faça um contato mais direto, dependendo do grau de relacionamento que você possua com estas pessoas. 

7. Considere a inserção do seu currículo em um site respeitável. Eu sempre tive um conceito negativo destes sites, mas recentemente um colega conseguiu duas entrevistas muito boas através de um deles, o que em termos de custo-benefício mostrou-se muito interessante. Eu durante muitos anos mantive um currículo na Monster.com (Estados Unidos) e sempre recebia umas propostas bem interessantes. 

8. Trate a busca por uma nova posição ou projeto (algo que considero mais abrangente do que um emprego, que se enquadra dentro destas duas categorias) como um novo projeto/trabalho. Planeje, reserve recursos (tempo e dinheiro, de preferência mais do primeiro, mas não se esqueça do segundo) e monitore a execução.

9. Cuide do resto da sua vida para estar bem para este projeto novo: aqui falo de alimentação, lazer (ajuda a manter a mente limpa e aberta a novas ideias), exercício físico, sono e saúde. Atenção especial caso tenha família, não use o cônjuge para descargas emocionais, mas use e abuse do apoio desta pessoa, que pode te ajudar demais!

10. Esta não é minha, é do Viktor Frankl, um dos meus autores preferidos: 

“Everything can be taken from a man but one thing: the last of the human freedoms—to choose one’s attitude in any given set of circumstances, to choose one’s own way.” 




Esta frase combina super bem com esta outra, do filósofo estóico grego Epiteto (sou fã!): 

"It's not what happens to you, but how you react to it that matters." 




Um abraço, e sucesso no seu projeto! 


*********** Nova Lima, 19 de abril de 2014, BRASIL 

Nenhum comentário:

Postar um comentário