sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Pílulas para Melhorar: #5 - Psicologia Positiva

Psicologia Positiva é um ramo recente da psicologia que se dedica ao estudo da “vida boa” (do grego eudaimonia, muitas vezes traduzido como felicidade ou bem estar).  

O ramo foi criado em 1998 pelo psicólogo americano Martin Seligman, quando este o escolheu como tema para seu mandato como presidente da American Psychological Association.

Seligman consolida em seu livro “Flourish” (2011) o modelo PERMA, acrônimo que representa os cinco elementos de sua teoria para uma vida boa:


Uso MUITO este modelo, tanto para mim quanto com meu clientes de coaching. No caso da "Positive Emotion" // "Emoção Positiva" eu reitero bastante a importância da "Razão Áurea" // "Positivity Ratio", proposta pela psicóloga americana Barbara Fredrickson em seu livro "Positivity: Top-Notch Research Reveals the 3-to-1 Ratio That Will Change Your Life", de 2009. 

O 3 a 1 do título significa que nós devemos sentir três emoções positivas para compensar cada emoção negativa para podermos nos sentir "bem" ("to thrive", em inglês). Desde o lançamento do livro a razão sempre foi questionada em termos quantitativos, mas é óbvio que o que nos acontece de ruim nos impacta mais do que o que nos acontece de bom, faz parte da nossa natureza e instinto de sobrevivência. E como podemos usar isto em nosso favor? Uma sugestão que dou aos meus clientes é manter um "diário de coisas boas", onde anotam tudo de bom que acontece em suas vidas. Aí, sempre que estiverem se sentindo "para baixo", leem partes do diário, o que de certa forma traz de volta as emoções positivas ali registradas e ajuda a restabelecer o equilíbrio emocional.


*** Belo Horizonte, 14 de agosto de 2020 (151 dias de isolamento social e contando!)

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha pensado nesta ótica sobre o Significado. Quando é dito que "não é o tipo de trabalho que pode ou não trazer significado e sim a maneira como nos relacionamos com ele" realmente nos faz sair daquele conceito do "trabalho dos sonhos" e que qualquer trabalho pode ser o dos sonhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Thomaz, isto me fez pensar há alguns anos sobre a mesma coisa e me ajudou a aceitar que as várias mudanças que tive (e espero ainda ter) na minha carreira são algo natural e saudável, desde que façam sentido (tenham Significado) para mim. O Martin Seligman foi extremamente feliz na criação do modelo PERMA, a começar pelo uso da expressão "well-being" ao invés de felicidade.

      Excluir